RHYTHMICAL IMMERSION®

 Desde tempos antigos que os framedrums servem de ponte entre o Céu e a Terra, o Divino e o mundano, o consciente e o inconsciente.


 Na história de várias culturas, podem ser encontradas referências a este género de instrumentos em documentos escritos, pinturas, esculturas, em estórias e contos populares.


Mas o que é um framedrum?


 Os framedrums, ou tambores de moldura, são instrumentos de percussão cuja superficie tocável é maior que a profundidade do corpo de ressonância. Podem ter uma pele num dos lados, ou duas peles, uma em cada lado. Existem imensos tipos de framesdrums, com várias formas e tamanhos, uns com soalhas, outros com pequenos anéis de metal, outros com cordas em contacto com a pele, etc. Podem ser de apresentação simples ou altamente adornados e pintados, costumizados de forma pessoal ou cultural.

As técnicas utilizadas para tocar este género de instrumentos são também imensas, devido à grande pluralidade cultural em causa e pelo facto de ser possível encontrá-los nas mais distintas localizações geográficas.


Os framedrums  são instrumentos muitos antigos, considerados como os primeiros a ser criados. Os vestígios mais antigos são encontrados na arte da Mesopotamia em 3000 a.C sendo-lhes atribuído o poder de fazer 'a ponte' entre o terreno e o divino.  Foram amplamente tocados nas sociedades matriarcais, em cultos de celebração à Deusa e em cerimónias e rituais de passagem. Com a implementação das sociedades patriarcais, o uso dos frame-drums em contexto religioso foi sendo consideravelmente reduzido, ficando de uma forma geral confinado ao contexto meramente musical e artístico.  

Tambor Shamanico

América do Sul

Daf

IRÃO

Adufe

PORTUGAL

 

RHYTHMICAL IMMERSION© é uma criação de Baltazar Molina.
Trata-se de uma prática que evoca os poderes acima referidos e que se manifestam de diversas formas, trazendo benefícios não só ao indivíduo que toca, mas também ao ouvinte recorrente.
Potenciando as qualidades acústicas, energéticas e terapêuticas destes instrumentos, a prática ajuda a desenvolver capacidades físicas, cognitivas e extra-sensoriais, que influem no crescimento pessoal e no relacionamento interpessoal.


Por meio de exercícios específicos, aliados à aprendizagem da técnica moderna de framedrum e sua linguagem rítmica, melhoramos a comunicação entre os hemisférios do cérebro, promovendo a comunicação/capacidade psicomotora, tendo resultados a nível das capacidades físicas e cognitivas, com aplicações directas a qualquer tipo de experiência vivencial.
Fortemente baseado na tradição oral, a experiência/aprendizagem é focada na pessoa e na sua relação com o framedrum e no potenciar  de processos de aprendizagem de forma natural e fluída, fortificando a relação do individuo para consigo e criando uma ferramenta de expressão, com recursos e efeitos extraordinários.